aBlog

Colágeno tudo sobre a substância essencial para a saúde da pele

Colágeno: tudo sobre a substância essencial para a saúde da pele

Principal proteína responsável por dar forma, estrutura e sustentação à pele, o colágeno é responsável, junto com a elastina e o ácido hialurônico, pela preservação do maior órgão do corpo humano. No entanto, a partir dos 30 anos de idade, o corpo reduz progressivamente a produção de colágeno. De acordo com especialistas, esse nível pode chegar a 35% aos 50 anos.

Nas mulheres, a tendência é que a situação se agrave durante a menopausa. Segundo pesquisas, nos cinco primeiros anos após a menstruação parar há uma diminuição de cerca de 30% na produção de colágeno no organismo. Depois, o declínio anual é de 2%. Por isso é tão importante investir na prevenção do envelhecimento da pele e procurar os procedimentos mais indicados para resgatar a estrutura, a firmeza e elasticidade da cútis.

Prevenção e rejuvenescimento

Pensando nisso, o Estúdio Mais desenvolveu um Programa de Rejuvenescimento que inclui ativos que promovem a síntese de colágeno em diferentes etapas do ciclo. Um bom exemplo é o Microagulhamento, um procedimento que faz a indução percutânea de colágeno. “Ele aumenta a vasodilatação, estimula a formação de colágeno e potencializa a penetração de cremes e medicamentos na pele”, explica a dermatologista Ticiana Garrido.

Após o Microagulhamento é feito um drug delivery com ativos estéreis com o intuito de aumentar ainda mais a produção de colágeno. Além de promover a renovação celular e o tratamento de manchas, o Programa de Rejuvenescimento inclui o Peeling Químico, que também atua estimulando a produção de colágeno ao mesmo tempo em que promove a remoção de células mortas.

Quando o objetivo é a renovação celular, outros tipos de peelings são eficientes em estimular a síntese de colágeno no organismo. É o caso do Ácido Mandélico, do Ácido Salicílico e da Solução Jessner. Entre os peelings mecânicos, o Peeling de Diamante é feito com um equipamento de sucção com ponteira diamantada que remove as células mortas da pele através de uma microesfoliação e tem como um dos principais objetivos a estimulação da produção de colágeno.

Procedimentos que estimulam a produção de colágeno no organismo também são indicados no tratamento de olheiras. A Carboxiterapia, por exemplo, é capaz de eliminar olheiras por meio de pequenas injeções de gás carbônico sob a pele. O método melhora a circulação sanguínea e, por isso, clareia a região em torno dos olhos e ameniza o inchaço. Além disso, o tratamento aumenta a produção de colágeno, deixando a área mais firme.

O colágeno também é importante no tratamento de gordura localizada, celulite e flacidez. Procedimentos como a Intradermoterapia (Enzimas) potencializam a circulação sanguínea local e aumentam a síntese de colágeno, melhorando a textura da pele.

E, por falar nisso, o Programa de Combate à Celulite do Estúdio Mais investe na Radiofrequência, em que um aparelho remodela as fibras de colágeno existentes e estimula a formação de novas, melhorando a circulação e amenizando o aspecto de “casca de laranja”.

Não se esqueça de comer bem

O colágeno está presente em alguns alimentos, que são indispensáveis para ter uma pele saudável. Não é à toa que a Vitamina C, por exemplo, está em evidência. Ela é uma das substâncias responsáveis por promover a síntese de colágeno no organismo. Portanto, além de investir em cosméticos com Vitamina C em sua formulação, aposte em alimentos ricos nesta substância.

Quer saber mais sobre os tratamentos ideais para o seu tipo de pele? Agende uma visita em uma das unidades do Estúdio Mais!



Compartilhe: